You are here:-ARTIGOS DE OPINIÃO

Dia Internacional da Acreditação

By | 2018-04-10T12:07:20+00:00 Junho 13th, 2017|Categories: ARTIGOS DE OPINIÃO, NOTÍCIAS|Tags: , , |

Hospitais com acreditação JCI registram menores taxas de mortalidade e reinternação. Serviços de saúde aumentam procura por certificação internacional de qualidade de olho em melhorias no cuidado do paciente. Buscar um selo de qualidade reconhecido internacionalmente é algo cada vez mais comum para instituições de saúde no Brasil. A fim de obter a acreditação de organismos

Classificação internacional para a segurança do paciente nos procedimentos cirúrgicos

By | 2018-04-10T12:07:21+00:00 Maio 16th, 2017|Categories: ARTIGOS DE OPINIÃO|Tags: , , , , |

A lista de verificação de segurança cirúrgica da Organização Mundial da Saúde (OMS) foi desenvolvida após uma extensa consulta a especialistas mundiais, com o objetivo de diminuir erros e eventos adversos decorrentes de procedimentos cirúrgicos, através do estímulo ao trabalho em equipe e a melhor comunicação entre as equipes envolvidas com cirurgias. A utilização de

Cerca de 10% dos pacientes internados contraem infecção, risco que poderia ser reduzido em 70% com a higienização das mãos

By | 2018-04-10T12:07:22+00:00 Maio 8th, 2017|Categories: ARTIGOS DE OPINIÃO|Tags: , , , , , , |

No Dia Mundial da Higienização das Mãos, celebrado em 5 de maio, organizações de saúde fazem um alerta para o risco de infecção hospitalar que ronda pacientes internados em hospitais do país. Só em fevereiro deste ano foram registradas cerca de 300 mil internações em hospitais na região Sudeste, segundo dados do Datasus. A estimativa

Hiperatividade na vida adulta pode explicar comportamentos “viciantes”

By | 2017-05-16T11:20:09+00:00 Maio 6th, 2017|Categories: ARTIGOS DE OPINIÃO|

Autor: Joaquim Cerejeira, psiquiatra e presidente da Associação Cérebro & Mente. A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma doença neuropsiquiátrica crónica que se carateriza pelo excesso de atividade motora, impulsividade e/ou desatenção, em maior frequência e gravidade do que habitual, perturbando negativamente a capacidade para estudar, trabalhar ou ter relacionamentos familiares