You are here:-, NOTÍCIAS-Congresso impulsiona uma hidratação saudável e sustentável

Congresso impulsiona uma hidratação saudável e sustentável

A importância da hidratação saudável e sustentável foi um dos pilares centrais do III Congresso Internacional e V Nacional de Hidratação, organizado pela Cátedra Internacional de Estudos Avançados em Hidratação (CIEAH), que decorreu em Bilbau.

No decorrer deste congresso realizaram-se diversas sessões científicas onde se abordou a utilização sustentável da água para fazer frente às alterações climáticas, uma das grandes preocupações de hoje em dia. “O rápido crescimento da população mundial faz prever que a procura pela água aumente em quase um terço para o ano de 2050”, avisa Lluis Serra-Majem, diretor do Grupo de Nutrição da Universidade de Las Palmas da Grã Canaria e diretor da CIEAH.

Estima-se que em 2050 a população mundial ascenda a entre 9.400 e 10.200 milhões, e dois terços da população irá viver concentrada nas cidades. A procura contemporânea mundial da água estimou-se ao redor de 4.600 Km3/ano e prevê-se que aumente entre 20% a 30%; portanto, entre 5.500 e 6.000 Km3/ano para o ano de 2050.

“Perante este padrão de consumo acelerado, da crescente deterioração do meio ambiente e dos impactos sofridos pelas alterações climáticas, vários desafios atuais da gestão da água em todos os setores são evidentes, o que exige novas formas de gestão deste valioso recurso natural”, diz Serra‑Majem. Garantir a utilização sustentável a longo prazo dos recursos hídricos gera múltiplos benefícios, como a segurança alimentar, a saúde, o crescimento económico sustentável e a manutenção dos ecossistemas e da biodiversidade.

Os especialistas também lembraram a responsabilidade individual de cada cidadão para garantir a sustentabilidade dos recursos hídricos.

O uso sustentável da água nas cidades requer uma gestão abrangente e transparente, maior exigência e controlo no cumprimento da legislação e mais informação, educação, consciencialização e participação cívica nas tomadas de decisão, conforme explicou no seu discurso Damiana Sáez, Chefe do Departamento de Água e Higiene Ambiental da Área de Saúde e Consumo da Câmara Municipal de Bilbau, e oradora no Congresso.

Procura mundial de recursos hídricos

De acordo com o “Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento de Recursos Hídricos 2018”, a procura mundial por água vem aumentando a uma taxa de um por cento ao ano. Isto deve-se principalmente ao crescimento da população mundial, ao desenvolvimento económico e às mudanças nos padrões de consumo, e continuará a crescer significativamente nas próximas duas décadas, especialmente em países com economias em desenvolvimento.

Coincidindo com a publicação deste relatório, a CIEAH quer apelar aos esforços coletivos para promover o uso sustentável da água no âmbito da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Um cabaz com indicadores de hidratação saudável

Embora uma percentagem significativa de cidadãos efetue parte das doses diárias no seu local de trabalho ou estudo, a alimentação em casa adquire uma grande relevância na configuração dos hábitos alimentares. Neste sentido, o cabaz de compras desempenha um papel importante como estratégia para favorecer uma alimentação familiar mais saudável. Um dos aspetos-chave é a presença de produtos de origem vegetal, especialmente frutas e vegetais frescos, sazonais e, se possível, do meio ambiente envolvente e de proximidade, explicou Carmen Pérez-Rodrigo na sua apresentação sobre o cabaz de compras com indicadores de hidratação saudável.

A água é a bebida preferida, especialmente para os mais pequenos. No entanto, outras opções podem contribuir também para completar o consumo de líquidos suficientes, sempre no contexto de uma alimentação saudável.

By | 2018-05-30T11:09:47+00:00 Maio 30th, 2018|Categories: EVENTOS, NOTÍCIAS|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment