You are here:--É fundamental reduzir a carga excessiva das mochilas

É fundamental reduzir a carga excessiva das mochilas

A Campanha “Olhe pelas suas costas”reconhece a desmaterialização dos manuais escolares (lei 72/2017) como medida de promoção para reduzir o peso das mochilas escolares, mas alerta que ainda há trabalho a fazer nesta área, como indicado na petição pública entregue na Assembleia da República em 2017 e da qual resultou um conjunto de recomendações que a Assembleia apresentou ao Governo em outubro passado.

“É fundamental reduzir a carga excessiva que as nossas crianças e jovens transportam diariamente”, afirma Bruno Santiago, neurocirurgião e coordenador da Campanha “Olhe pelas suas costas”. Destaca: “Sim, o Governo já tomou algumas medidas, mas ainda há muito a fazer pela saúde da coluna dos nossos filhos”.

“Congratulo o subscritor principal da petição, José Wallenstein, pela sua iniciativa e por não ter deixado cair este assunto. Entre as mudanças possíveis estão a atribuição de um cacifo por criança, uma melhor organização do horário escolar, a divisão dos manuais em fascículos ou até a existência de uma sala fixa por turma, para evitar transporte desnecessário dos materiais, não esquecendo a promoção e valorização da disciplina de educação física”, explica o coordenador.

Estas e outras medidas foram resumidas num documento do Observatório dos Recursos Educativos em Junho de 2017, precisamente sobre o peso excessivo das mochilas escolares.

A Campanha “Olhe pelas suas costas” reforça este alerta depois de o Ministério da Educação ter reagido às críticas de inação feitas por José Wallenstein, primeiro subscritor da petição contra o peso excessivo das mochilas escolares.

By | 2018-09-05T10:20:10+01:00 Setembro 2nd, 2018|Categories: NOTÍCIAS|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment