You are here:--EDITORIAL: Consegue cheirar a maresia em Cascais?

EDITORIAL: Consegue cheirar a maresia em Cascais?

Bem-vindo ao Health Data Forum!

O Fórum Hospital do Futuro em parceria com a Glintt, Novartis, Devscope, GS1 Portugal, a Sectra e a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla organiza a primeira edição do Health Data Forum, em formato digital, e com possibilidade de participação gratuita em live stream (inscrições aqui).

Infelizmente, devido ao COVID-19, tivemos que adiar nossa cimeira presencial em Cascais provavelmente para setembro, mas a edição on-line terá lugar nas datas previstas.

É com grande satisfação que estamos a anunciar que o nosso Fórum de Dados em Saúde se reunirá como uma cimeira online nos próximos 7 e 8 de maio, garantindo assim total segurança a todos os participantes e dando uma contribuição firme para interromper essa pandemia.

Reinventamos esta cimeira na forma de uma reunião on-line que irá replicar as conversas em mesa-redonda num formato virtual e um animado debate em reuniões online.

Todos os parceiros e fortes apoiantes desta iniciativa também estão ansiosos para convocar uma cimeira presencial o mais rápidamente que seja possível e esperamos poder anunciar a data de uma reunião física durante a cimeira on-line.

A guerra contra o COVID-19 deve tornar-nos mais fortes. Mais fortes nos nossos laços como comunidade que irá contribuir para a reflexão e o debate sobre um tema relevante para combater futuras pandemias e reconstruir a próxima geração de sistemas de saúde – a gestão inteligente de dados em saúde.

By | 2020-05-03T02:07:43+01:00 Maio 3rd, 2020|Categories: EDITORIAL|Comentários fechados em EDITORIAL: Consegue cheirar a maresia em Cascais?

About the Author:

Uma Trajetória de Sucesso em Colaboração, Inovação e Empreendedorismo Social --> Formação Acadêmica e Experiência Docente: Formado em Psicologia Social e das Organizações pelo ISPA, Paulo Nunes de Abreu possui mestrado em Gestão de Informação pela Universidade de Sheffield e doutoramento em Ciências da Gestão pela Universidade de Lancaster. Entre 1996 e 2000, atuou como professor no Instituto Superior de Psicologia Aplicada e na ISEG (Escola de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa). Experiência profissional como Consultor: Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, Paulo concluiu seu doutoramento em 2000. Desde então, acumulou vasta experiência como consultor, colaborando com o Governo Regional da Madeira (Direção Regional de Saúde) e participando em diversos projetos de consultoria e investigação com instituições de renome como o ISEG, INETI, Câmara Municipal de Évora, EDP, Ministério da Saúde de Portugal, Eureko BV, Observatório Europeu da Droga e PWC em Espanha. Especializações e Contribuições Relevantes: Certificado como facilitador profissional pela IAF (International Association of Facilitators), Paulo teve um papel crucial na criação das Cimeiras Ibéricas de Líderes de Saúde na Espanha e foi co-fundador do Fórum do Hospital do Futuro em Portugal. Especializado em GDSS (sistemas de apoio à decisão em grupo), projetou intervenções para otimizar processos de mudança e inovação nos setores de saúde e educação. Atuação Atual e Abordagem Profissional: Desde 2021, Paulo é cofundador da col.lab | collaboration laboratory Ltd., empresa sediada em Londres e spin-off da série de livros "Arquitetar a Colaboração", que aborda princípios, métodos e técnicas de facilitação de grupos. Sua trajetória, combinada com a experiência como residente em vários países e atualmente em Portugal, moldou uma abordagem profissional focada em colaboração, inovação e empreendedorismo social.