You are here:-, NOTÍCIAS-Estações de transportes públicos vestem-se de amarelo e roxo para sensibilizar para a Bexiga Hiperativa

Estações de transportes públicos vestem-se de amarelo e roxo para sensibilizar para a Bexiga Hiperativa

Na Bexiga Mando Eu invade metro, barcos e comboio | 7 a 14 de março

Nos próximos dias 7 a 14 de março, para assinalar a Semana da Incontinência Urinária (5 a 11 de março) e o Dia da Incontinência Urinária (14 de março), a campanha Na Bexiga Mando Eu vai invadir os transportes públicos para sensibilizar para o impacto que a Bexiga Hiperativa pode ter na qualidade de vida das pessoas.

Nestes dias, o metropolitano de Lisboa e do Porto, Metro Transportes do Sul, Soflusa, Transtejo, Clube Náutico de Almada e a Fertagus vestem-se de amarelo e roxo para alertar para a problemática da Bexiga Hiperativa, que afeta cerca de 1.700.000 portugueses com mais de 40 anos, independentemente do género.

A Bexiga Hiperativa é caracterizada por sintomas como a necessidade urgente de urinar, a necessidade de ir frequentemente à casa de banho e, inclusivamente, perdas de urina. Na Semana da Incontinência Urinária e Dia da Incontinência Urinária, a plataforma Na Bexiga Mando Eu pretende alertar e desmistificar esta patologia, destacando a existência de estratégias e de tratamento, que permitem um maior controlo da bexiga.

Para Custódia Gallego “a campanha Na Bexiga Mando Eu é de extrema importância porque permite apoiar e levar informação de qualidade às pessoas que sofrem de Bexiga Hiperativa. Os doentes merecem saber que podem melhorar a sua qualidade de vida, através de estratégias de controlo da bexiga, que promovem um estilo de vida mais saudável.”

Como parte da campanha Na Bexiga Mando Eu, o blog e página de Facebook Comece Hoje disponibilizam dicas de alimentação e atividade física, esclarecendo dúvidas dos utilizadores, tudo por uma bexiga mais saudável.

Na Bexiga Mando Eu é uma plataforma online, criada pela Astellas Farma, que conta com o apoio da Associação Portuguesa de Neurourologia e Uroginecologia.

 

Mais sobre a Bexiga Hiperativa

A bexiga hiperativa consiste numa contração ou aperto involuntário e repentino do músculo da parede da bexiga, mesmo quando esta contém um volume reduzido de urina.

As contrações involuntárias criam uma necessidade urgente de urinar, diminuindo o controlo que a pessoa tem sobre a sua bexiga.

Estas contrações dão origem a sintomas associados à bexiga hiperativa, tais como necessidade urgente de urinar, necessidade frequente de ir à casa de banho (oito ou mais vezes por dia, ou uma ou mais vezes por noite) e, em alguns casos, perdas acidentais de urina, por não se conseguir chegar a tempo à casa de banho.

 

“Na bexiga mando eu”

 Uma plataforma online que conta com o apoio da Associação Portuguesa de Neurourologia e Uroginecologia  (http://www.nabexigamandoeu.pt/) que vem colmatar a falta de informação que existe sobre esta doença e o seu impacto na qualidade de vida dos doentes, bem como alertar a população para os sintomas com o intuito de reduzir o subdiagnóstico da doença. O portal dedicado a esta patologia é dirigido a doentes, familiares e todas as pessoas que sejam afetadas direta ou indiretamente por esta doença que é um dos problemas de saúde mais comuns por todo o mundo!

 

Sobre a Astellas Pharma

 A Astellas Pharma é uma companhia farmacêutica comprometida com a melhoria do estado de saúde, a nível mundial, fornecendo as mais recentes e inovadoras terapêuticas. O foco da organização está na disponibilização de terapêuticas, ao nível de Investigação e Desenvolvimento (I&D) e da comercialização de tratamentos eficazes, que melhorem a vida dos doentes, continuando a crescer de forma sustentada no seu setor. É uma das 20 maiores empresas farmacêuticas, que emprega cerca de 15 mil colaboradores em todo o mundo.

A Astellas está em Portugal desde 1967, conta com cerca de 53 colaboradores e focaliza-se nas seguintes áreas terapêuticas: Oncologia, Urologia, Transplantação, Anti-infeciosos e Dor.

Para mais informações sobre a Astellas visite www.astellas.com.pt/pt

By | 2018-04-10T12:07:16+00:00 Março 1st, 2018|Categories: EVENTOS, NOTÍCIAS|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment