You are here:--Podologistas alertam para os cuidados a ter com os pés dos idosos

Podologistas alertam para os cuidados a ter com os pés dos idosos

A Associação Portuguesa de Podologia (APP) alerta para as principais causas do surgimento de alterações podológicas nos idosos, tais como traumas e/ou problemas anatómicos do pé, que por falta de diagnóstico ou tratamento incorreto, têm danificado a estrutura do membro inferior e contribuem de forma significativa para as quedas dos idosos.

Existem inúmeras quedas todos os anos, algumas que implicam internamento e até mesmo a morte. Em Portugal, entre 2000 e 2013, em cada 100 internamentos em indivíduos com mais de 65 anos, três tiveram como causa uma queda, sendo que, em média, cada um destes internamentos teve a duração de 13 dias. De referir ainda, que a cada 100 internamentos devido a quedas, seis têm como desfecho a morte ainda no hospital.

Uma percentagem significativa das quedas dos idosos está associada às alterações do pé, à dificuldade de equilíbrio, às limitações de marcha e ao tipo de calçado inadequado. 

“Com o avançar da idade aparecem as primeiras complicações na saúde dos idosos. Os pés, membros habitualmente esquecidos, não são exceção. Alguns fatores impulsionadores do aparecimento de doenças podológicas, danificando a estrutura do membro inferior, podem estar relacionadas com a utilização de calçado desadequado ao longo da vida; a regular realização de atividades que requeiram estar muito tempo de pé, o sedentarismo, a obesidade e a presença de doenças crónicas, como a Diabetes ou a Doença Arterial Periférica, que contribuem para a má circulação sanguínea”, explica Manuel Portela, presidente da APP.

“À medida que a idade avança, os cuidados devem ser redobrados, sendo importante consciencializar as pessoas de que estas doenças, se não forem diagnosticadas e tratadas a tempo por um especialista, podem afetar negativamente a mobilidade dos idosos, provocar instabilidade postural e contribuir de forma significativa para o aumento do número de quedas, pondo em causa a própria vida.”, acrescenta.

Para além de prestar atenção à sua saúde e visitar com regularidade um podologista, devem também ser adotados alguns hábitos nos cuidados a ter com os pés, tais como: manter uma boa e diária hidratação; cortar as unhas de forma reta (não cortando os cantos); fazer higiene diariamente, tendo o cuidado de secar bem nos espaços interdigitais; optar por meias de fibras naturais (preferencialmente em algodão ou lã); optar pelo calçado de tamanho apropriado e, se possível, em pele; evitar o calçado de salto alto; usar calçado apropriado para andar dentro de casa e evitar andar descalço em lugares públicos.

Photo by Jan Romero on Unsplash

By | 2020-10-11T23:25:18+01:00 Outubro 30th, 2020|Categories: Sin categoría|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment